Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2020

Mais brasileiros vão trocar o aluguel pela casa própria

Mais brasileiros vão trocar o aluguel pela casa própria

Mercado imobiliário comemora a taxa básica de juros (Selic) a 2,25% ao ano anunciada agora há pouco pelo Copom (Comitê de Política Monetária). Para o presidente da Ademi-RJ (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário), Claudio Hermolin, essas quedas na taxa garantem que o percentual de financiamento vai continuar no mínimo do patamar que temos hoje (taxa de 2,95% ao ano mais IPCA na Caixa), considerado o mais baixo da casa própria, e abre espaço para uma nova queda nos juros do financiamento imobiliário. "O impacto é super positivo. Mostra que essa tendência de manutenção de juros baixos para crédito imobiliário ainda vai permanecer e o mercado tem uma dependência muito grande no crédito e mantendo as taxas atrativas para o financiamento imobiliário, conseguimos fazer com que o mercado tenha essa atratividade, mesmo neste momento difícil que estamos vivendo de pandemia, já que o crédito imobiliário é uma ala…

BAIRRO INTELIGENTE: PROTOCOLO ENTRE ITAIPU E PREFEITURA DE FOZ TRANSFORMAM A VILA A NUM ENORME PARQUE A CÉU ABERTO

Protocolo de intenções assinado entre PTI e Prefeitura de Foz do Iguaçu deu a partida no Programa Acelera FOZ O diretor superintendente do PTI, general Eduardo Garrido e o Prefeito Chico Brasileiro parcerias para a construção de ciclovia, calçamento e paisagismo que irão transformar a Vila A num grande parque para a comunidade de Foz. paralelamente à construção, Itaipu está fazendo o plantio de 2.700 mudas nativas para compensar o corte de árvores. Foto: Kiko Sierich - PTI
A Vila A será o primeiro bairro do Brasil a ter tecnologias voltadas a tornar as cidades inteligentes testadas e demonstradas, com o objetivo de promover melhorias em áreas como segurança pública e mobilidade urbana. O projeto integra um protocolo de intenções assinado entre o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e a Prefeitura de Foz do Iguaçu.  Obras da ciclovia da Vila A - Foto: Rubens Fraulini - Itaipu Binacional. Aos poucos, a Vila A, bairro historicamente ligado à usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), vai ganhan…

LOJAS FRANCAS PODEM AJUDAR A ALAVANCAR A ECONOMIA DE FOZ DO IGUAÇU

LOJAS FRANCAS PODEM AJUDAR A ALAVANCAR A ECONOMIA DE FOZ DO IGUAÇU Artigo de Derseu de Paula faz uma análise sobre o assunto A instalação de lojas francas ou Duty Free nas cidades de fronteira do Brasil, denominadas de cidades gêmeas, foi uma reivindicação antiga de empresários e autoridades dessas cidades. As razões são muitas, dentre as quais destacam-se: – Maior equilíbrio na concorrência com as cidades localizadas nos países vizinhos que em muitos casos são verdadeiros centros comerciais de grande volume de vendas para brasileiros; – Enfraquecimento e desestimulo do comércio interno, com consequência na geração de empregos locais, na geração de impostos e no crescimento; – Em cidades com grande fluxo de turistas como é o caso de Foz do Iguaçu e Guaíra, haveria retenção dos turistas por mais tempo na cidade com repercussão nos demais setores da economia como restaurantes hotéis e demais serviços. A luta para a instalação de lojas francas nas cidades gêmeas de fronteira começou no R…