Pular para o conteúdo principal

GENERAL DA ITAIPU VAI TRANSFORMAR O GRAMADÃO DA VILA A NUM VERDADEIRO PARQUE. VEJA COMO ELE VAI FICAR.

Um dos espaços de lazer mais frequentados por moradores da Vila A e de boa parte de Foz do Iguaçu, o Gramadão de Itaipu, com 31 mil metros quadrados de área, vai passar pela maior revitalização de sua história desde o final dos anos 90, quando ali foi promovido o primeiro Natal de Foz e, logo em seguida, em 2000, foi construída uma nova infraestrutura com Concha Acústica e sanitários. O ponto de encontro estava consolidado.
“Nossa população merece o que é melhor e precisa exigir nada menos que isso dos dirigentes”, afirma o general Silva e Luna, diretor-geral brasileiro da Binacional, ao justificar a iniciativa
A estimativa é de que a reforma comece no segundo semestre do ano que vem. A conclusão está prevista para 2021, num investimento estimado de R$ 2,6 milhões. A revitalização do Gramadão é um pedido da Assessoria de Comunicação Social da Itaipu e será desenvolvida pela Divisão de Planejamento de Infraestrutura, da Diretoria de Coordenação da empresa.
Um verdadeiro parqueDe mobiliário urbano até o ordenamento e adequação das barraquinhas de comidas, passando pela iluminação, embelezamento do local, arborização, sinalização, instalação de arquibancadas de concreto, criação de rampas e adaptação da Concha Acústica para diferentes tipos de espetáculos, o Gramadão terá uma cara totalmente nova. O parquinho para as crianças também receberá melhorias.
“A proposta de intervenção respeita as características positivas do Gramadão, como o espaço amplo, a topografia e a diversidade de usos, mas trazem melhorias importantes, como o maior sombreamento e mais lugares para sentar e curtir o espaço público”, explica o arquiteto Henrique Gazzola de Lima, da Divisão de Planejamento de Infraestrutura.
Veja abaixo mais ilustrações do projeto.






http://www.naoviu.com.br/general-da-itaipu-vai-transformar-gramadao-da-vila-num-verdadeiro-parque-veja-vai-ficar/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHEÇA O TRAÇADO INICIAL DA ROTA DA SEGUNDA PONTE E DA PERIMETRAL LESTE DE FOZ Ponte ganhará iluminação noturna, com as cores do Brasil e Paraguai

CONHEÇA O TRAÇADO INICIAL DA ROTA DA SEGUNDA PONTE E DA PERIMETRAL LESTE DE FOZ Ponte ganhará iluminação noturna, com as cores do Brasil e Paraguai                                                                                          Por:  Clickfoz    Publicado em:  14/08/2019 O  Clickfoz  teve acesso no fim da tarde desta quarta-feira, 14, ao traçado inicial da Ponte da Integração, com imagens do projeto da construção da segunda ponte e da rota da Perimetral Leste. O arquivo é do  Departamento Nacional de Infra-Estrutura do Transporte , DNIT. As vias, que servirão de rota dos caminhões para a entrada e saída de produtos nos países da fronteira, ganharão varias melhorias, além de uma nova rota exclusiva. Esta passará por fora da área urbana de  Foz do Iguaçu , tendo trechos na Av Mário Filho, BR-469, Av Felipe Wandscheer e Av. República Argentina, saindo nas proximidades dos presídios, que ficam na entrada da cidade. De acordo com o projeto, será construído também uma n

STJ autoriza penhora de 15% de salário para quitar dívida de aluguel

A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça autorizou a penhora de 15% da remuneração bruta de devedor que, além de ter uma renda considerada alta, adquiriu a dívida na locação de imóvel residencial. STJ autorizou a penhora de 15% da remuneração bruta de devedor que adquiriu dívida na locação de imóvel Reprodução Para o colegiado, a penhora nesse percentual não compromete a subsistência do devedor, não sendo adequado manter a impenhorabilidade no caso de créditos provenientes de aluguel para moradia — que compõe o orçamento de qualquer família —, de forma que a dívida fosse suportada unicamente pelo credor dos aluguéis. Segundo o relator do recurso julgado, ministro Raul Araújo, a preservação da impenhorabilidade em tal situação “traria grave abalo para as relações sociais”, pois criaria dificuldade extra para os assalariados que precisassem alugar imóveis para morar. O ministro apontou que o artigo 833 do CPC atual deu à matéria das penhoras tratamento diferente em comparação a

Foz do Iguaçu para Investidores