Pular para o conteúdo principal

Parceria entre Prefeitura e Invest Paraná visa aumentar investimentos em Foz do Iguaçu

 


A atração de investimentos, a geração de empregos e o desenvolvimento de Foz do Iguaçu ganham maior impulso a partir desta quinta-feira, 04, com a assinatura de um protocolo de intenções entre a Prefeitura Municipal e a Invest Paraná, instituição do Governo do Paraná vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

A Invest Paraná é responsável pela promoção e atração de investimentos para o Estado, atuando como conexão entre o governo e a iniciativa privada. Possui, além da expertise e dados estratégicos, ferramentas que podem auxiliar a tomada de decisão e que, por meio da parceria, serão compartilhadas com a Prefeitura de Foz.

A assinatura do termo, feita pelo prefeito Chico Brasileiro, o vice-governador Darci Piana e o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin, foi na sede da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI). Bekin explicou que, visando atuação mais assertiva, a instituição está repassando a metodologia que utiliza para 24 cidades-polo do Paraná – entre elas Foz do Iguaçu.

O vice-governador Darci Piana salientou que o Estado está à disposição para discutir soluções e dar apoio a Foz do Iguaçu. “Agora toda a estrutura que a Invest tem está chegando aqui. Chegou o momento de vocês utilizarem essa ferramenta e fazerem com que isso seja transformado em investimento”, pontuou.

“Vamos entregar e compartilhar toda a nossa estrutura e nossas ações”, afirmou. “Eu quero atuar junto com Foz do Iguaçu. É como se a Invest estivesse aqui e, se precisar ir à capital, vocês têm uma sede para atender os empresários que queiram investir”, afirmou o diretor-presidente. Conforme ele, o plano de trabalho voltado a atração de investimentos para Foz do Iguaçu, adequado às características e necessidades do município, será construído de forma conjunta.

No encontro desta quinta-feira, foram apresentadas algumas ferramentas que poderão ser utilizadas para a atração de investimentos, como um sistema de inteligência de mercado com informações sobre os projetos já executados pela Invest no Estado, que vai possibilitar aos municípios uma visão mais estratégica, além de aprimorar e agilizar os atendimentos às empresas.

Para o prefeito Chico Brasileiro, a parceria com a Invest Paraná vai fortalecer o processo de retomada econômica de Foz. “É muito importante que seja criada esta agenda desenvolvimentista e que haja a participação do poder público junto com o empresariado para aproveitar as boas oportunidades para a cidade”, destacou. Ele considera fundamental atrair empresas estratégicas, que propiciem a geração de emprego e, consequentemente, o desenvolvimento do município.


Já o presidente da ACIFI, Faisal Ismail, a importância da parceria entre poder público e iniciativa privada (estadual e municipal) para colocar em prática ações que promovam a inovação, a diversificação da economia iguaçuense, mas sobretudo a retomada econômica. “No Paraná, Foz é a cidade, proporcionalmente, mais afetada pela pandemia do coronavírus. Precisamos acelerar a atração de investimentos ao muncípio”, afirmou.

Presenças

Participaram também da solenidade de assinatura do termo de cooperação o vice-prefeito de Foz, delegado Francisco Sampaio; o diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest, Giancarlo Rocco; o diretor de Mercado e Novos Negócios da Invest, Gustavo Cejas; o presidente da Câmara de Vereadores de Foz, Ney Patrício da Costa; o vice-prefeito da Prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, Vanio Morona; representantes das prefeituras de Medianeira e Itaipulândia; o chefe da Assessoria de Planejamento e Coordenação do Diretor Financeiro da Itaipu Binacional, Victor Hugo Marmelo dos Passos Filho; o diretor superintendente do Sindhotéis, Júlio César Gomes de Oliveira; o reitor da Universidade da Integração Latino-Americana (Unila), Gleisson Alisson Pereira de Brito; a pró-reitora da Uniamérica, Lucia Makhlouf; o reitor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Alexandre Webber; o diretor-geral do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Anderson Coldebella; e o diretor-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens do Paraná (ABAV-PR), Felipe Gonzalez.

(Fonte: Agência Municipal de Notícias, com ACIFI)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHEÇA O TRAÇADO INICIAL DA ROTA DA SEGUNDA PONTE E DA PERIMETRAL LESTE DE FOZ Ponte ganhará iluminação noturna, com as cores do Brasil e Paraguai

CONHEÇA O TRAÇADO INICIAL DA ROTA DA SEGUNDA PONTE E DA PERIMETRAL LESTE DE FOZ Ponte ganhará iluminação noturna, com as cores do Brasil e Paraguai                                                                                          Por:  Clickfoz    Publicado em:  14/08/2019 O  Clickfoz  teve acesso no fim da tarde desta quarta-feira, 14, ao traçado inicial da Ponte da Integração, com imagens do projeto da construção da segunda ponte e da rota da Perimetral Leste. O arquivo é do  Departamento Nacional de Infra-Estrutura do Transporte , DNIT. As vias, que servirão de rota dos caminhões para a entrada e saída de produtos nos países da fronteira, ganharão varias melhorias, além de uma nova rota exclusiva. Esta passará por fora da área urbana de  Foz do Iguaçu , tendo trechos na Av Mário Filho, BR-469, Av Felipe Wandscheer e Av. República Argentina, saindo nas proximidades dos presídios, que ficam na entrada da cidade. De acordo com o projeto, será construído também uma n

Foz do Iguaçu para Investidores

Caixa reduz juros da casa própria e aumenta limite para financiar imóvel usado Taxa mínima caiu para 8,75% para imóveis do SFH e para 9,50% no SFI; limite para financiar imóveis usados subiu de 70% para 80% a partir desta sexta-feira (24). A Caixa Econômica Federal (CET)  anunciou a redução nas taxas de juros do crédito imobiliário com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), e aumentou o percentual do valor para financiar imóveis usados. As mudanças começam a valer nesta sexta-feira (24). ·                     As taxas mínimas passaram de 9% ao ano para 8,75% no caso de imóveis financiados dentro do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Já os juros para imóveis do Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) passaram de 10% ao ano para 9,50% ao ano. O limite de cota de financiamento de imóveis usados sobe de 70% para 80%. Com isso, é possível dar uma entrada menor na aquisição deste tipo de bem. (Foto: Infografia: Karina Almeida/G1) Ex